Filhos planejados por Deus…

Muitas vezes os filhos não são planejados. Não quer dizer que não são desejados. Ser mãe era um desejo, mas fui pega de surpresa. Deus achou que estava na hora certa. Eu não estava preparada. Na verdade, não sei se algum dia me sentiria preparada. Ainda bem que ele acreditou que eu era capaz.

O primeiro pensamento que tive quando vi o teste positivo de gravidez foi: “estou grávida, vou ter que parir!” Desde criança tenho fobia de agulhas, hospital, sangue, essas coisas. Ser mãe além da imensa responsabilidade e mudanças que causa nas nossas vidas, para mim era ainda mais apavorante. Eu teria que lidar com um medo enraizado, que me fazia chorar até para fazer um exame de sangue.

Não poderia passar na minha cabeça pensamentos ruins para meu bebê. Toda vida é uma benção e eu só tinha a agradecer a Deus pela oportunidade. Mas, eu estava sendo colocada cara a cara com minhas inseguranças, tive que encará-las. Depois do choque inicial e um pequeno ataque de histeria, fui me acalmando.

Ao chegar ao médico do pré-natal e receber aquela lista de exames a fazer, resolvi lidar com meu medo. Estava determinada. Faria o que fosse preciso, sem pensar, sem sentir, sem sofrer. Era o mínimo que alguém pode esperar de uma mãe. Com certeza meu bebê vale qualquer sacrifício. Incrivelmente, muda e sem pensar em nada, fiz meus exames sem chorar e sem desmaios. Eu agora era uma mãe, não tinha mais tempo para bobagens.

Quando nós planejamos ter um bebê, criamos expectativas de como vai ser, da nossa nova rotina e das responsabilidades. Ansiamos e fantasiamos com a benção de gerar e criar um filho. É de se esperar, que seja muito mais tranquila a gestação e a chegada do novo bebê, quando estão todos envolvidos e preparados para este momento.

Se engravidamos sem planejar, temos que ir nos adaptando a essas mudanças. Muitas vezes sem muito apoio, sem muito conhecimento, desviando nossos planos anteriormente traçados. No meu caso, não haviam outros planos. Mas psicologicamente,  eu não estava preparada.

A gestação foi a tranquila, estava feliz e lidando muito bem com meus antigos medos, ignorando-os por completo. O parto deveria ser normal, mas meu bebê era bem grandinho e não fluiu como deveria. Tive que fazer uma cesariana. Correu tudo bem e passei por tudo pensando somente no meu filho. Ele que me deu forças para enfrentar todo medo, toda dor. O amor sem dúvida alguma é a coisa mais poderosa que existe,  conhecemos seu verdadeiro poder quando nos tornamos mães.

A maior mudança que ocorreu na minha vida com a maternidade foi priorizar o outro. Antes, minha vida girava em torno dos meus anseios, minhas relações, minha vida social. Mas isso, ás vezes me fazia sentir vazia. Eu não sabia o porquê das idas e vindas daquela insatisfação. Na verdade eu achava muito banal viver centrada em mim. A maternidade trouxe a respostas pelos meus anseios. Um amar e doar-se tão profundo que entendi exatamente o que me faltava. Um presente de Deus, que me possibilitou um crescimento pessoal maravilhoso.

Gostei tanto de ser mãe, que agora já são dois filhos. Acredito hoje mais do que nunca, que ser mãe é uma oportunidade de crescer e amadurecer. A magia que envolve gerar um bebê é transformadora. Mesmo que não tenhamos planejado, Deus sabe que conseguiremos e que está na hora certa para cada uma de nós. Podemos aprender com calma e tranquilidade no dia a dia, o que for preciso.

Cada mãe sabe qual o medo que terá que enfrentar. Quais as dificuldades irá passar. Não se amedronte diante delas. Confie no seu instinto, não dê ouvidos aos outros. Busque ajuda com pessoas que te amam e possam te apoiar. Afaste as que não te fazem bem. Esse é uma ótima oportunidade de refletir sobre a sua vida, rever seus valores, superar os problemas. Todo esforço que tiver que fazer, será recompensado em cada sorriso, cada toque ou simples olhar do seu filho, cheios de amor e alegria por ter você na vida dele.

 

 

 

1 thought on “Filhos planejados por Deus…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *