Gravidez: o que esperar?

Quando estamos gerando um bebê, passamos por diversas mudanças físicas, como enjôos, dores e inchaços. Isto todo mundo sabe. Mas também passamos por mudanças emocionais e comportamentais.

Cada gestação trará coisas diferentes e cabe a nós encararmos da melhor forma possível. Ficar reclamando e se fazendo de coitada não vai ajudar. Eu prefiro pensar que todo esforço que fazemos pelos nossos filhos, não é mais que nossa obrigação. Além do mais, em breve esqueceremos esses detalhes.

As temidas oscilações hormonais..

Passar pela oscilação emocional que a gravidez traz, pode ser mais complicado. Os hormônios podem pegar pesado. Ímpetos  de raiva, choro, impaciencia, nervosismo ou agressividade, são bem comuns e vão passar.

Nossos parceiros tem um papel importante neste periodo. Apoiar e não levar a sério nossos ataques, já ajuda bastante. Mas se eles ignorarem por completo nossas emoções, podemos nos sentir desamparadas.

Mesmo que não tenham esse propósito, a falta de tato dos homens neste período associado as mudanças que eles também passam, podem causar atritos desnecessários. Nos momentos de calma tentem compreender o lado deles também.

E as expectativas e fantasias?

Neste período, começamos a traçar nas nossas mentes milhares de detalhes sobre o bebê. Aqui trago um ponto importante para refletir: o pré-conceito. Cuidado com os pensamentos repetitivos como: meu bebê vai ser menino, ou menina, olhos azuis, esbelto! Se eu tiver sorte,  será  calmo, tranquilo, dormirá a noite inteira e será muito sorridente!

A  maioria dos bebês nascem com cara de joelho, provavelmente será parecido com você ou o pai quando bebê, vai chorar bastante  (até aprender bem a falar), demorar quase um mês para sorrir e vai ser incrivelmente lindo para você!

A beleza esta muito longe da aparência física ditada pela mídia e o consenso geral. Ela está na pureza e na inocência, no amor que desperta, no gesto de entrega e confiança em nós depositado.

A maternidade possibilita vermos a essência do ser humano, sem preconceitos. Nos dá a capacidade de despertarmos um amor puro, que se construirá nos primeiros dias após o parto e nunca parará de crescer. Um amor que derruba qualquer imposição posta em nossos inconscientes sobre a superioridade ou inferioridade humana.

Quando abrimos nossos olhos, temos a chance de nos apropriarmos desse novo olhar. Nos dedicarmos a conhecermos nossos filhos diariamente, amando cada pedacinho, exatamente como eles são.

A frustração de uma mãe ou um pai sobre o sexo, cor do cabelo, cor de pele, peso, ou até mesmo o fato de ser chorão, passará a sensação de rejeição neste ser que acaba de chegar. Que tipo de recepção é essa?

Acredito que as expectativas criadas por nós mães na gravidez não tem absolutamente nenhuma intenção de preconceito ou rejeição. Mas se não escolhermos bem os pensamentos que semeamos poderemos colher alegria e felicidade plena, ou frustração e decepção.

Meu conselho de mãe:

Por fim, creio que a melhor coisa para se fazer na gestação é  ESPERAR. Esperar para ver como ele será, de coração aberto. Aproveitarmos esse tempo para nos prepararmos para os cuidados e a rotina dos bebês, para estarmos tranquilas e seguras nesses primeiros momentos juntos.

Começarmos a rever nossos preconceitos, pois mesmo muito sutis, eles existem em nós. Nossos filhos são perfeitos na imperfeicão humana, como todos nós. Expandir essa consciência desde a gestação ajudará a criarmos filhos seguros, amados e respeitados. Talvez possamos construir uma sociedade com mais respeito e harmonia.

Gostou? Leia mais em:

http://quemaesoueublog.com.br/amamentar-voce-esta-preparada/

http://quemaesoueublog.com.br/autoestima-e-a-vaidade-pos-parto-como-fica/

http://quemaesoueublog.com.br/como-fica-o-casamento-apos-a-chegada-do-primeiro-filho/

2 thoughts on “Gravidez: o que esperar?

    1. Parabéns pelo baby! As mudanças de humor continuam por um bom tempo, mesmo depois de nascer..brabo neh..rsrsr. Que bom que gostou! Espero que venha compartilhar suas experiências aqui! Já vi seu blog e achei bem legal, adorei os assuntos! Em breve vou parar para ler mais! Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *