Meditação na gravidez, conheça os benefícios!

Meditação na gravidez

Sabe aquela ansiedade misturada com felicidade, medo e insegurança que vem junto com o esperado (ou não) positivo? Saiba que a meditação na gestação pode ajudar a lidar com esses sentimentos e ainda traz muitos benefícios para a mamãe e o bebê! Vamos conferir?

É normal as gestantes sentirem uma confusão de emoções com as mudanças que vem pela frente! Sem falar nas oscilações hormonais próprias da gestação. É mesmo complicado passar por este período, mas fazer meditação durante a gestação facilita muito a nossa compreensão, trazendo tranquilidade e equilíbrio.

Quais os benefícios da meditação?

Já foi cientificamente comprovado que a meditação reduz os níveis do hormônio do stress, alivia tensões e melhora a concentração, diminuindo a ansiedade. A maioria das grávidas sentem justamente estes sintomas de forma intensa neste período. Então, esses benefícios são muito bem vindos!

Além disso a meditação regula a pressão arterial, diminuindo o risco de pre-eclampsia. Estudos recentes também sugerem que níveis mais baixos de cortisol propiciam melhores formações neurológicas nos bebês, diminuindo as chances deles desenvolverem doenças.

Para as mamães que estão se praparando para o parto normal, as meditações e respirações ajudam muito a ter tranquilidade e a respiração correta na hora do parto.

Buscando segurança em um mar de incertezas…

Durante a gravidez somos tomadas por uma série de preocupações com o bebê e com as mudanças que vão surgindo. Além de nos informamos bastante sobre o período, usar a meditação para desmistificar certas emoções é renovador.

Calma, paz e tranquilidade nos ajudam a respeitar o tempo, curtir o presente e confiar no futuro. Tudo que uma grávida precisa neste período é apoio, amor e compreensão. A meditação nos ajuda a encontrar esse conforto dentro de nós mesmas, tornando esse período muita mais agradável e feliz.

Minha experiência prática!

Quando engravidei do meu primeiro filho eu praticava yoga há alguns anos. Sou totalmente apaixonada pela yoga e a mudança que sentia ao praticar. Infelizmente tive que parar pois não consegui conciliar meus horários com a prática, mas mantive as meditações em casa.

Eu engravidei contra as probabilidades, tinha SOP e realmente fiquei bem nervorsa se a gestação iria vingar. Queria apressar o tempo! Foi aí que intensifiquei minhas meditações e fazia duas vezes por dia durante 15 minutos.

Aos poucos eu me sentia muito mais tranquila, o medo foi se desfazendo e logo eu já sentia uma confiança de que tudo ficaria bem. Eu pude aprender a organizar os pensamentos e deixar passar o que não me fazia bem. Foi neste período que me aprofundei mais na meditação.

Ao longo da gestação utilizava um mantra que eu adoro para meditar e me sentia conectada com meu bebê. Fui uma gestante muito tranquila, quase sem dores, dormia bem e não tenho do que reclamar. Eu acredito que a meditação deve ter ajudado muito a ter esse período tão tranquilo.

Além disso, meditar só observando e sentindo o bebê na barriga me trazia uma felicidade incrível. É uma forma de nos trazer ao presente e relaxar. Sentir o agora e perceber que é aqui que a vida acontece.

Como meditar?

A meditação para quem nunca praticou deve ser iniciada aos poucos. Começar com uns 5 minutos por dia e ir aumentando o tempo conforme for evoluindo.

Para ajudar a meditação escolha um local confortável, na gestação preferia fazer sentada em uma cadeira do que a posição sentada no chão. Mais no finalzinho já fazia em uma poltrona, o importante é tentar manter uma posição confortável e manter-se imóvel.

Concentra-se na respiração é um bom modo de trazer a atenção para o presente. Pode-se contar as respirações ou só sentir o ar entrar e sair pelas narinas. É importante inspirar pelo nariz e soltar o ar pela boca, isso ajuda a relaxar.

Crie um ambiente com sons tranquilos, música de meditação e incensos se gostar. Almofadas também podem ajudar a se acomodar melhor e trazer mais conforto.

Durante a meditação é normal pensamentos virem atrapalhar, mas o importante é deixa-los irem embora sem se prender a eles. Aos poucos eles vão diminuindo e nossa mente vai silenciando.

Com a prática e paciência, cada vez conseguimos ter mais controle sobre esses pensamentos. Então, podemos fazer meditações sobre emoções, mantras ou objetivos. É como se conseguíssemos conversar com nós mesmos sem aquele monte de interferências de terceiros. Acalmar nossos corações e trazer paz para nossa vida.

Gostou, mas achou difícil?

Para quem não tem experiência em meditar ou prefere as meditações guiadas, sugiro que conheçam o trabalho da Gestazen!

Meditação na gravidez
Meditação na gravidez – Gestazen

São meditações e visualizações especialmente desenvolvidas para as gestantes. Com essas meditações em áudio você consegue trazer paz e harmonia para a sua vida, relaxar o corpo e a mente e se conectar com o bebê.

Conheça os benefícios das Meditações e Visualizações para Gestantes!  Tenho certeza que vocês vão adorar!

Espero que tenham gostado e experimentem a meditação! Depois venham me contar o que acharam!

Link do video contando mais sobre a Gestazen: Vídeo Gestazen!

Gostou? Aqui no blog tem muito mais!

Gravidez, o que esperar!

Segundo filho, o que esperar?

Filhos planejados por Deus

2 thoughts on “Meditação na gravidez, conheça os benefícios!

  1. Ameiiii esse post. Durante a gravidez é complicado mesmo, são muitas emoções e sentimentos…A meditação é muito importante, eu não fiz porque na época não tinha esse conhecimento. Adoreiii

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *