Que mãe sou eu?

Me chamo Simone e tenho 31 anos. Me encontrei quando me tornei mãe!  Apaixonada por meus dois filhos, agora com 1 e 3 anos, descobri na maternidade a minha satisfação plena. Formada em Turismo e empresária atuante na indústria de alimentos, me pareceu injusto passar tanto tempo longe deles. Agora dedicada totalmente ao mundo materno, quero compartilhar conhecimento, experiências e reflexões sobre os dilemas vividos nessa jornada. Espero poder ajudar outras mamães a viverem a maternidade consciente e aproveitando o melhor da vida com seus filhos!

Vem comigo nessa linda jornada!

Quer saber como tudo começou?

http://quemaesoueublog.com.br/gravidez-o-que-esperar/

http://quemaesoueublog.com.br/que-mae-sou-eu/

Nasce uma mãe

A melhor mãe que posso ser…

Tem muito mais no blog! Espero que gostem!

Beijos!

 

 

(mais…)

Empreender na maternidade: Dicas e sugestões para ter sua própria renda!

Cupcake decorado ovelhinha

Este artigo é para quem abriu mão do emprego depois da maternidade e está querendo novamente ter sua própria renda! Não se trata de nenhuma fórmula mágica, mas empreender é uma ótima opção! Aqui tem sugestões bacanas e dicas seguras para você começar uma nova empreitada na sua vida profissional. Vamos lá?

Empreender traz autonomia financeira e flexibilidade!

Depois que tive meu segundo filho, parei de trabalhar para ter mais tempo com os dois pequenos. Eu não me arrependo, mas ter meu próprio dinheiro e fazer algo além de cuidar dos filhos, me fez muito bem. Para isso, é claro que precisei de algumas horas livres para poder trabalhar. Então, antes de decidir qualquer coisa, veja se tem horário e apoio para ter condições de fazer o que vai se propôr.

O que podemos fazer?

Para começar eu fiz um curso pela internet. Sabe aqueles bolos lindos decorados com pasta americana? Sim, esta foi minha escolha. Com o curso consegui aprender direitinho tudo o que eu precisava e botei a mão na massa! Também fiz o curso de brigadeiros gourmet e isso ajudou a agregar valor nas minhas vendas. A seguir, vou colocar uma série de links de cursos que você pode fazer (eu garanto que este site é seguro e os cursos são ótimos, pode confiar!).

Empreender no ramo de alimentação!

Quem já tem familiaridade com a cozinha pode facilmente optar por empreender neste ramo. Vou sugerir alguns cursos, mas se você já tem uma receita incrível  e um produto que desperte o interesse dos amigos, aproveite! Minha dica é não acreditar em receitas soltas da internet. Eu gastei um bom tempo e dinheiro tentando fazer bolos decorados com receitas avulsas e só me dei mal. Os profissionais não ficam divulgando suas receitas e seus truques e realmente faz muita diferença fazer um curso.

Curso de bolo no pote! Sim, esse produto tem muita saída e é uma ótima opção para quem não tem muito dinheiro para investir em material de trabalho. Além disso, é mais fácil de vender pois tem um preço acessível e seus próprio amigos, vizinhos e familiares poderão se tornar seus clientes. Este é o link do curso do Hotmart:  Curso de Bolo no Pote

Curso de Confeitaria Vegana! Se você está interessado em investir em um mercado novo e em expansão, este é o curso ideal para você! Neste curso você terá acesso a receitas específicas veganas. O público alvo será restrito, mas a concorrência também é bem menor. Se você é vegano ou conhece pessoas que sejam, ficará mais fácil começar suas vendas. O segredo neste caso, é saber onde divulgar seu trabalho para gerar venda. Este é o link do curso Hormart: Curso de Confeitaria Vegana

 

Doces para festas de aniversário!

No ramo de festas infantis temos uma variedade de produtos para fazer. O mais indicado é que você domine mais de um produto, para poder fazer toda a mesa de doces. Portanto, vou colocar os links mais importantes aqui, você pode escolher alguns e montar kits completos para festa, o que vai lhe trazer vendas maiores.

Curso de CakePops Decorados: Nas mesas decoradas nunca faltam cakepops, são lindos, divertidos e as crianças adoram! Acessem pelo link: Curso de Cakepops recheados e decorados com pasta americana!

Curso de Cupcakes para Iniciantes: Este curso é ótimo para quem quer fazer doces para festas. Os cupcakes viraram uma febre! Lindos e deliciosos, vale a pena investir! Eu mesma fiz o curso de bolo e de cupcake e recomento muito! Vou postar uma fotinho dos meus cupcakes aqui para vocês verem, aliás, as ovelhinhas da imagem de chamada do texto também são minhas! O curso você acesso por aqui: Curso de Cupcakes para Iniciantes

cupcake decorado
Cupcake decorado com pasta americana!

Curso de Brigadeiro Gourmet: Se você deseja fornecer doces para festas infantis não pode deixar os brigadeiros de fora! É importante oferecer uma variedade de doces e os brigadeiros são indispensáveis! Neste curso você aprende diversos sabores de brigadeiros e tem a oportunidade de transformar em lindos presentes, usando caixinhas decoradas e a criatividade!   Acessem o curso pelo link e saiba mais: Curso de Brigadeiro Gourmet

Já escolheu seu curso?

Se você está interessada em empreender, analise as opções que te passei e faça um planejamento. Os cursos são muito acessíveis e não precisam de muito investimento em material, como é o caso dos bolos decorados com pasta americana que vou falar em outro post. Sugiro que faça alguns testes para a família aprovar e depois comece a divulgar! Crie páginas no facebook, convide amigos, faça panfletos e espalhe na vizinhança, escola e lojas próximas. A divulgação é a melhor forma de conseguir vendas!

Para quem quer empreender em casa, mas não gosta da cozinha, confere este artigo aqui: Outras dicas para empreender e ter sua renda! Nele você encontra idéias super legais de artesanato, decoração de festas, lembrancinhas e outras mais!

Gostou? Depois vem aqui deixar seu depoimento para inspirar outras mamães! Boa sorte pra todas nós!

Leia mais em:

Decoração de Festa Infantil

Dilema: voltar ao trabalho ou ficar em casa?

Resfriados e nariz entupido? Saiba amenizar estes sintomas

 

 

 

 

Hora das refeições – de um jeito “diferente”!

Sabe aquela confusão na hora das refeições com os filhos pequenos? Era comum aqui em casa! Mas, em meio a uma mudança, uma ótima idéia surgiu (nada inovadora,  já é parte da metodologia montessoriana). O resultado foi tão legal, que fui pesquisar mais e vim contar para vocês!

A hora das refeições!

As refeições em casa com meus filhos de 4 e 2 anos eram um tanto desafiadoras. A bagunça na hora de comer misturava a tradicional sujeira nas cadeiras e no chão, com a dispersão das crianças querendo chamar nossa atenção ou pedindo que desse comida na boca.

Em meio a mudança de residência, uma mesinha com cadeiras (comum de criança) que ficava no quarto deles, veio parar na sala de jantar. Meus dois filhos tiveram a idéia de comer ali e não conosco na mesa. Eu gostei da idéia e ali jantaram.

Uma mudança surpreendente!

O comportamento deles durante a refeição nos surpreendeu muito! A mais nova de 2 anos comeu tudo sentadinha e super concentrada. O mais velho, comeu metade do prato antes de sair da cadeira para dar uma volta (como de costume). A questão principal é que não fizeram nada para chamar atenção e se distrairam muito menos durante a refeição.

Foi ótimo poder almoçar tranquilamente de novo. A sujeira foi menor que a de costume e bem mais fácil de limpar, já que posso tirar a mesa do lugar. Na hora pensei que devia ter algo sobre isso na metodologia montessoriana, tinha tudo a ver!

Sabe o que o metodologia montessoriana fala sobre as refeições?

Pesquisando mais sobre o método Montessoriano descobri que, e apartir dos 2 anos de idade, é sugerido a criança ter uma mesa ideal para o tamanho dela. A mesa de preferência deve ser de madeira, firme e a cor clara. Deve ser colocado os objetos seguros para a idade, como pratos e colheres. Ainda é indicado que fique disponível água ou sucos e alguma fruta nos intervalos das refeições.

O intuito é que a criança tenha liberdade de desenvolver a sua autonomia e fazer suas descobertas, livre da presença tão “intensa” dos pais durante as refeições. Inclusive, isto demonstra que a casa também é dela e ela tem seus objetos e espaços adequados a suas capacidades e necessidades.

Agora, aqui em casa estou seguindo estas indicações e as crianças têm a mesa delas. Depois disso, lembrei dos almoços de domingo na casa da minha avó. Lá, as crianças sempre comiam numa mesa pequena. Lembrei que gostava e me sentia independente.

Acho muito importante fazemos as refeições juntos e podermos conversar, mas isto ficará para daqui uns anos. Agora, cada um tem seu local, respeitando a individualidade e as etapas do seu crescimento. O resultado está sendo ótimo! Refeições muito mais tranquilas e interessantes.

Gostaram? Leia mais em:

Quarto Montessoriano! Vc sabe o que é?

Resfriados? Saiba amenizar estes sintomas

Higiene bucal! Saiba quando e como começar..

Você sabe como e quando iniciar a higiene bucal dos bebês? Pesquisei muito sobre o assunto e vou te contar tudo!

Precisa limpar a boca do neném antes de nascerem os dentes?

Sim. Antes de nascerem os dentes é importante fazer a higiene bucal nos bebês. Neste periodo é indicado passar uma fralda ou gase molhada com água filtrada na boca com cuidado. A frequência você decide, mas pelo menos 1x ao dia. Além de limpar restos de leite, vai massageando as gengivas, aliviando a coceira e acostuma o bebê desde cedo.

Existe no mercado umas dedeiras de silicone muito interessantes. Elas massageam a gengiva e limpam os dentes do bebê. No período do nascimento dos dentes, ajuda a aliviar os incômodos. Mas, é  importante saber que ela só é indicada para uso após os 3 meses.

Quando nascem os dentes? Como fazer?

Quando nascer o primeiro dente você pode usar a dedeira para higiene bucal ou aproveitar e começar a usar uma escova. Ela deve ser adequada a faixa etária, macia, ter a cabeça pequena e o cabo grosso.

O uso de pasta dental deve ser cautelosa nesse primeiro momento, pois o bebê ainda não sabe cuspir e irá engolir. Procure as pastas específicas. Existem muitas opções para crianças até 2 anos e devem ser sem flūor, para não ter perigo a ingestão (quase inevitável e periogosa).

Qual a frequência ideal da escovação?

O ideal é que apartir do momento em que o bebê já tenha um número significativo de dentes, geralmente depois de 1 ano, se faça a higiene bucal pelo menos 2x por dia, logo após o almoço e antes de dormir.

Na minha casa, deixo meus filhos escovarem sozinhos depois do almoço e só dou uma revisada.  À noite, antes de dormir, faço aquela escovação caprichada.

Com o meu filho mais velho sempre foi super tranquilo, mas com minha pequena de 2 anos não está sendo nada fácil. Quem tem um bebê nesta fase de rebeldia sabe do que estou falando. Na maioria das vezes que pego a escova para revisar ela faz um escândalo! Só aceita escovar sozinha. Já mostrei livros que ensinam a escovação e mesmo fazendo mil brincadeiras, nada a faz mudar de idéia. Escovar os dentes a força com uma criança é perigoso e quase impossível! Por isso, quanto mais acostumarmos eles desde pequenos ao ritual, menos sofreremos nessa fase delicada.

Qual a pasta ideal?

Para crianças acima de 3 anos já existem diversas pastas com flúor, que é importante na higiene bucal, pois protegem contra as cáries. Porém, tem o detalhe que não deve ser ingerida, por isso cuide a quantidade usada e ensine a criança a cuspir.

A quantidade indicada é o tamanho de uma ervilha, não precisa usar mais. O excesso de flúor prejudica os dentes causando fluorese, uma doença que causa manchas brancas, inclusive nos dentes permanentes que ainda estão se formando na gengiva, e não tem cura.

Meu filho fez 4 anos agora, mas ainda “come” a pasta. Por isso, ainda uso 1x por dia a pasta sem flūor e uso a com fluor só à noite. Observe seu filho e faça de acordo com as capacidades dele, se ele ainda engole a pasta o ideal é diminuir a quantidade para ele ir treinando.

Quando levar ao dentista?

Esse é um assunto bem polêmico. Enquanto alguns indicam antes mesmo de nascer os dentes, outros dizem para esperar nascer o primeiro dente e há quem indique depois do 1 ano de vida.

Vamos ser bem realistas, dentistas geralmente custam caro e eu não vi necessidade de levar meus filhos enquanto bebês, segui a orientação do pediatra. Ambos tem dentes lindos, fortes e branquinhos. Por volta dos 2 anos me pareceu a hora apropriada para levar a uma consulta, até porque eles já entendem melhor e fica um primeiro contato tranquilo e informativo sobre o acompanhamento ideal.

Claro que cada mãe decidirá o momento adequado, a informação e a rotina de higiene é o mais importante. Mas, se você perceber qualquer inflamação ou mancha nos dentes, leve assim que possível. Inclusive, em caso de quedas que machuquem a gengiva é importante ser avaliado para descartar danos.

Estimular a autonomia e incluir os filhos nas rotinas de higiene facilita muito o dia a dia!

Parar para escovar os dentes 2 ou 3x por dia das crianças tomaria bastante tempo de qualquer mamãe! Então, estimular e ensinar bem a escovação aos filhos facilita muito o dia a dia. Incluir eles na rotina de higiene da família estimula a autonomia e estimula o aprendizado. Mas não deixe de revisar e sempre mostrar a correta escovação, cáries acontecem muito neste período dos dentes de leite.

Espero que tenham gostado das informações! Leia mais em:

Sapinho, saiba identificar!

Sono do bebê: o que é certo?

Nasce uma mãe